Friday, August 12, 2011

Video pretensioso



Aí está mais um excelente vídeo desse miúdo-maravilha da montagem de imagens de F1 e dos Grupo B dos anos oitenta, Antti Kalhola. Este está com um especial bom gosto na escolha da banda sonora.

O que não acho tão bom neste vídeo é o pretenciosismo do título. Chamar década dourada do desporto motorizado à década de oitenta e depois retratar "apenas" o mundial de Fórmula Um e de Ralis, parece-me pouco. O autor tem a atenuante de ainda não ser nascido quando aconteceu tudo o que se vê nas imagens.

Ralis e F1 é demasiado redutor para uma época onde já havia a loucura do Dakar, Sport-protótipos, Mundial de Turismo ou mesmo o DTM. Todos estas modalidades do desporto automóvel explodiram nessa década e tiveram os seus momentos de antologia que ainda hoje deixam saudades.

Então e as motos? Os monstros de 500cc a dois tempos? Freddie Spencer, Barry Sheene, Eddie Lawson, Wayne Gardner, Wayne Rayney, Kenny Roberts ou mesmo Kevin Schwantz. Tudo nomes de magos da arte de queimar gasolina que aparecem hoje de quando a quando e que naquela década correram quase todos juntos.

Eu também cresci com os Grupo B e ainda hoje suspiro por uma volta do Senna no Mónaco, mas o desporto motorizado nos anos oitenta não foi isso.

3 comments:

sgdinis said...

Concordo com o texto, mas solicito apenas um esclarecimento para saber se "tenho de me chatear" (hehe)

Porquê "ou mesmo Kevin Schwantz"?

Abraços,
Sérgio

sgdinis said...

Outra coisa: não me recordo se já cá andou, mas caso não tenha andado... merece destaque...

http://www.youtube.com/watch?v=Gw-AxiVqihM

Speeder_76 said...

Concordo. Eu vivi essa década e sei que foi muito mais do que F1 e ralis, mas... quando tiveste uma FIA que se dedicou na década seguinte a destruir os Sport-Protótipos e o Mundial de Turismos para favorecer a monocultura da Formula 1 - nas pistas, diga-se - até se compreende que só se tenha lembrado desses dois. Afinal de contas, o Tio Max e o Tio Bernie destruiram o resto...